Medalha Giarola

Medalha Giarola

Prêmio de Mérito Acadêmico - Medalha Prof. Attílio José Giarola

 

A história da SBMO deve muito ao trabalho e dedicação do Prof. Giarola, cujo apoio foi fundamental às atividades da SBMO e uma das formas de reconhecer o trabalho relevante e reconhecido pela comunidade SBMO, instituiu-se, em sua homenagem, uma medalha entregue anualmente a um pesquisador que se destaca na área de micro-ondas e optoeletrônica através da indicação dos associados.

 

Conforme aprovado na Assembleia Geral da SBMO em 2011, para concorrer à Medalha de Mérito Acadêmico Attílio José Giarola, cada candidato deverá:
 


1) Ter orientado pelo menos 10 teses de doutorado.
2) Desses 10 orientados, pelo menos 3 devem ser ou ter-se tornado também professores de ensino superior.
3) Ter um registro exemplar de publicações técnicas e científicas, incluindo congressos, periódicos, livros, patentes e demais publicações de relevância nas áreas de micro-ondas ou optoeletrônica.
4) Ter ministrado, pelo menos, 10 semestres de disciplinas de pós-graduação.
5) Ser associado regular da SBMO há pelo menos 10 anos.

Os procedimentos são:

1) Associado em dia com suas anuidades, poderá indicar candidatos enviando e-mail à secretaria da SBMO (sbmo@maua.br).
2) A SBMO nomeará uma Comissão anualmente, que avaliará os candidatos indicados.
3) A Comissão recomendará candidatos à Assembleia da SBMO, que será a responsável pela concessão ou não da medalha a candidatos recomendados.

 

Prof. Attílio José Giarola

Graduado em engenharia mecânica e elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) em 1954, foi professor do Instituto de Tecnologia de Aeronáutica (ITA) entre os anos de 1955 e 1957. Obteve o título do mestrado em 1959 e do doutorado em 1963, ambos pela Universidade de Washington, em Seattle (EUA). Paralelamente à sua carreira acadêmica, no período de 1958 a 1968, atuou como pesquisador cientista da empresa Boeing. Logo depois, iniciou seu pós-doutorado na Universidade do Texas, concluído em 1974. Ingressou na Universidade de Campinas (Unicamp) em 1975, onde começou carreira como docente do departamento de Engenharia Elétrica – unidade que deu origem à Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Logo após, ocupou a função de coordenador dos Cursos de Pós-Graduação, onde permaneceu até 1986. De 1985 até 1989 ocupou os cargos de presidente e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Micro-ondas e Optoeletrônica (SBMO). Aposentou-se em 1993, porém continuou a atuar como professor colaborador na FEEC na UNICAMP e, em 1995, recebeu o título de professor emérito da UNICAMP. Publicou 80 artigos em periódicos nacionais e internacionais, além de 218 trabalhos em eventos científicos. Seu legado científico e administrativo é destacado por amigos, colegas e ex-alunos. A vocação para a formação de recursos humanos qualificados foi lembrada por todos – ao longo de sua carreira, por exemplo, o professor emérito da Unicamp orientou 22 dissertações de mestrado e 15 teses de doutorado. A marca deixada pelo prof. Giarola, além da grande generosidade e educação, foi a competência demonstrada em sua vida profissional, como pesquisador e orientador. 

 

Agraciados com a Medalha de Mérito Acadêmico Prof. Attílio José Giarola

 

2012 - Medalha entregue no MOMAG2012, realizado em João Pessoa/PB
 

 

O Prof. Adaildo Gomes D’Assunção foi o primeiro agraciado com a Medalha de Mérito Acadêmico Prof. Attílio José Giarola. Trabalhou com sistemas de radar e telemetria no Centro de Lançamentos de Barreira do Inferno (CLBI), em Natal, RN. Desde 1976 é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, tendo sido promovido para professor titular em 2000. Ao receber a medalha Giarola já tinha formado 14 doutores e 37 mestres. Atualmente, desenvolve atividades de ensino e pesquisa em superfícies seletivas de frequência, antenas, propagação, materiais cerâmicos, metamateriais, dispositivos EBG, comunicações sem fio, ondas milimétricas e terahertz. Coordena o Instituto Nacional de Comunicações sem Fio (INCT-CSF). Além de ser associado da SBMO, é membro da Sociedade de Teoria e Técnicas de Micro-ondas (MTT-S) e da Sociedade de Antenas e Propagação (AP-S), do IEEE desde 1982.  De 2000-2002, presidiu a Sociedade Brasileira de Micro-ondas e Optoeletrônica. Em 2011, coordenou a SBMO/IEEE MTT-S International Microwave and Optoelectronics Conference (IMOC 2011).


 

2013 Medalha entregue na IMOC2013

 

 

O Prof. Hugo Enrique Hernandez Figueroa é Professor Titular da Universidade Estadual de Campinas desde 2005. É também Fellow da Optical Society of America – OSA e Associate Editor da IEEE Photonics Journal desde 2011. Atua como Coordenador de Área da FAPESP: Engenharias I, desde 2014. Ao receber a Medalha de Mérito Acadêmico Prof. Attílio José Giarola no IMOC2013 já havia orientado cerca de 24 teses de Doutorado e 35 dissertações de Mestrado. Publicou também cerca de 100 artigos em periódicos indexados. Sua atuação se concentra nas áreas de Engenharia Elétrica, mais especificamente fotônica integrada, fibras ópticas, antenas, micro-ondas, eletromagnetismo computacional, comunicações ópticas e telecomunicações.  


 

2014 - Medalhas entregues no MOMAG2014

 


 

O Prof. Evandro Conforti é Professor Titular Permanente Colaborador da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Recebeu a medalha Giarola no MOMAG 2014. Liderou inúmeros projetos na área de comunicações ópticas, incluindo comunicações coerentes, e criou infraestrutura experimental para estudos na área de dispositivos e sistemas ópticos. Foi ainda membro do Comitê Assessor do CNPq de 2003 a 2006. Formou cerca de 11 Doutores e 27 Mestres, sendo que vários deles se tornaram professores e pesquisadores. Tem grande experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Redes Totalmente Ópticas, atuando principalmente em comunicações ópticas coerentes, amplificadores ópticos a semicondutor, geração de micro-ondas e chaveamento eletro-óptico de alta velocidade.

 

 

 

O Prof. Marcelo Sampaio Alencar atuou por 18 anos como professor titular na Universidade Federal da Paraíba, UFPB e 14 anos na Universidade de Campina Grande, UFCG - PB. Atualmente é professor visitante na Universidade Federal da Bahia, UFBA.  Ao receber a Medalha Giarola em 2014 já havia orientado 13 teses de doutorado e 30 dissertações de mestrado. Vários dos profissionais formados pelo prof. Marcelo Alencar seguiram a carreira acadêmica. O professor Marcelo Alencar é também fundador e presidente do Instituto de Estudos Avançados em Comunicações – IECOM e fundador e vice-presidente da Academia de Ciências da Paraíba, além de ser associado sênior do IEEE.

 

2015 - Medalha entregue na IMOC 2015

 

 

O Prof. Murilo Araújo Romero atua na Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos - EESC/USP desde 1995, onde é professor titular desde 2008. Suas atividades em pesquisa em Engenharia Elétrica e Telecomunicações concentram-se em Comunicações Ópticas, Fotônica, Dispositivos Semicondutores e Engenharia de Micro-ondas (com ênfase na área de interface conhecida como fotônica de micro-ondas). Ao receber a Medalha Giarola havia concluído a orientação de 11 teses de doutorado e 13 dissertações de mestrado. O prof. Murilo Romero foi presidente da SBMO no período 2008-2010 e havia sido previamente editor-chefe do JMOe. Atuou como coordenador da área de Engenharias IV (Engenharia Elétrica e Engenharia Biomédica) e como membro titular do Conselho Técnico Científico da Educação Superior (CTC-ES) da Capes.

 

2016 - Medalha entregue no MOMAG 2016

 

 

O Prof. Hypolito José Kalinowski atualmente é Professor Titular-Livre no Departamento de Engenharia de Telecomunicações da Universidade Federal Fluminense. Atuou anteriormente na Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, campus Curitiba-sede, onde se aposentou como Professor Titular e ainda atua como colaborador voluntário. Presidiu a Sociedade Brasileira de Micro-ondas e Optoeletrônica (SBMO) e participou por diversas vezes de seu Conselho. Atuou em vários comitês assessores de agências de fomento (CAPES, CNPq, FINEP, Fundação Araucária) tendo ainda presidido o CA-Engenharias da Fundação Araucária e coordenado o CA-EE do CNPq. Tem grande interação com pesquisadores de outros países, tendo já coordenado 5 projetos formais de Cooperação Internacional (CAPES, CNPq) e realizado estadias em várias universidades. Já participou de bancas de doutorado em Portugal, Índia e Austrália. A interação nacional e internacional reflete-se em mais de 160 colaboradores em artigos, capítulos de livros e trabalhos publicados. Ao receber a Medalha Giarola já havia orientado 10 teses de Doutorado e 27 dissertações de Mestrado. Inúmeros doutores formados pelo professor Hypolito Kalinowski, tornaram-se professores e pesquisadores, além de ter inspirado outros alunos.

 

2017 - Medalha entregue na IMOC2017

 

O Prof. Luiz Alencar Reis da Silva Mello da PUC-Rio (CETUC), Decano do Centro Técnico Científico, foi agraciado com a Medalha de Mérito Acadêmico Attílio José Giarola em 2017. Possui 14 teses de doutorado orientadas, satisfazendo com folga os requisitos de trabalhos publicados, e demais requisitos para receber a medalha. Metade de seus antigos orientados são professores, incluindo as Instituições IME-Rio, UC de Petrópolis, UFRN, UFF, CEFET/RJ, CEFET/MG, e outras. É colaborador de longa data da SBMO, tendo sido muito ativo na organização dos vários congressos da SBMO no Rio de Janeiro e mesmo em outros locais. Durante o doutorado foi assistente de pesquisa no University College London (1984-1985). Atualmente é professor associado no Centro de Estudos em Telecomunicações e Decano do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Foi Vice-Decano de Desenvolvimento do Centro Técnico Científico (2006-2012), Coordenador Central de Planejamento e Avaliação Acadêmica da PUC-Rio (1995-2005; 2007-2012) e Pesquisador Visitante no Inmetro (2005-2006) onde coordenou a implantação da área de Telecomunicações.

 

2018 - Medalha entregue no MOMAG2018

 

A medalha de mérito acadêmico Attílio José Giarola foi concedida ao Prof. José Luís Fabris da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) em 2018. O Prof. Fabris é professor/pesquisador na UTFPR desde 1994 e até o momento de ser agraciado com a medalha Giarola havia concluído a orientação de 11 teses de doutorado. Ao menos 6 destes orientados são hoje docentes de Instituições de Ensino e Pesquisa no estado do Paraná. O Prof. Fabris é bolsista de produtividade em pesquisa, nível 1-C do CNPq.  Apresenta 82 registros na base de dados Web of Science, com o total de 485 citações e fator H = 11.

O foco de seu trabalho é a área de sensores ópticos, onde já detém uma patente concedida e outra em tramitação no INPI. Como Associado na SBMO, foi o coordenador geral do MOMAG 2014, atuou na equipe de organização da OFS-24 em 2015 e é o atual vice-presidente da Sociedade.

 

2019 - Medalha entregue na IMOC2019

 

 

O Prof. João Crisóstomo Weyl Albuquerque Costa, professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), foi agraciado com a Medalha de Mérito Acadêmico Professor Attílio José Giarola em 2019. O professor e pesquisador João Weyl atua na UFPA desde 1994, onde já concluiu a orientação de 25 teses de doutorado. Ao menos 19 destes orientados são hoje docentes de Instituições de Ensino e Pesquisa em diferentes instituições de ensino e pesquisa no Brasil. O prof. João Crisóstomo tem grande destaque em atividades de pesquisa com produção técnico-científica relevante, e é bolsista de produtividade em pesquisa, nível 1-C do CNPq. O foco dos seus trabalhos envolve as áreas de redes de comunicações, eletromagnetismo aplicado e computação aplicada, com interesse em modelagem de dispositivos de alta frequência, avaliação de desempenho de redes de comunicação móveis e ópticas, redes de acesso, sensores a fibra óptica e soluções de comunicação para supervisão de sistemas, onde já detém duas patentes internacionais. O Prof. João tem longo histórico de associação na SBMO, presidiu a SBMO de 2012 a 2014, atuou e atua como membro dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. Já foi membro do Comitê Assessor em Engenharia Elétrica do CNPq. 

 

2020 - Medalha concedida no MOMAG2020

A 9ª Edição da Medalha de Mérito Acadêmico Prof. Attílio José Giarola ocorreu em 2020, sendo o Prof. Dr. José Ricardo Bergmann agraciado com a Medalha Giarola.  O Prof. Bergmann é Professor Associado CETUC, atual Vice-Reitor para Assuntos Acadêmicos da PUC-Rio. É pesquisador do CNPq - Nível 1B e foi Vice-Presidente e Presidente da SBMO. O Prof. Bergmann é autor ou co-autor de mais de 51 artigos em periódicos relevantes na sua área de atuação, com grande número de citações, além de 127 artigos completos apresentados em eventos nacionais e internacionais.  A sua atuação como docente em programas de pós-graduação resultou na orientação de 22 dissertações de Mestrado e 10 teses de Doutorado, sendo que diversos desses doutores são professores em instituições de ensino e pesquisa. O Prof. Bergmann também participou e participa ativamente no assessoramento a agências de fomento, tais como FAPERJ, CNPq e CAPES.   A concessão/outorga da Medalha Giarola ao Prof. Bergmann considerou a sua importante contribuição à SBMO, ao excelente desempenho acadêmico e científico, assim como a sua efetiva contribuição à formação de mestres e doutores nas áreas de micro-ondas, antenas e sensoriamento remoto.

O anúncio de outorga da Medalha Giarola ao Prof. Bergmann ocorreu na Assembleia da SBMO realizada no MOMAG2020 que se realizou no formato virtual em respeito às condições de biossegurança impostas pela pandemia do Covid-19.  A entrega da Medalha Giarola ocorrerá no próximo evento presencial da SBMO.

 

 

 

Logo

Campus do Instituto Mauã de Tecnologia - IMT
Praça Mauã, n°1 CEP:09580-900
São Caetano do Sul - SP
TEL/FAX: (11) 42388988
E-Mail: sbmo@sbmo.org.br

Area do Associado
Esqueci minha Senha
Trip Propaganda